Alcoorexia é mais comum do que se pensa, diz Bárbara Paz

Em entrevista exclusiva ao Blog Agentes Multiplicadores, Bárbara Paz, que interpreta a alcooréxica Renata na novela Viver a Vida, faz um alerta: “O problema está mais próximo da sociedade do que se imagina”.

Gabrielle Albuquerque
Fernando Moraes

A novela “Viver a Vida” tem transmitido, todas as noites, para milhares de brasileiros, cenas de um drama cada dia mais presente na vida real: a alcoorexia, também conhecida como anorexia alcoólica. A doença, que atinge, sobretudo, as mulheres, é vivida pela personagem Renata, interpretada pela atriz Bárbara Paz.

Na trama do autor Manoel Carlos, que sempre tratou de alcoolismo em suas novelas, Renata é sempre vista com um copo de bebida na mão, tomada por frustrações pessoais e uma obsessão pela magreza. Mesmo com relações sociais e afetivas estáveis, ela não consegue deixar a dependência, evidenciando um drama crescente na sociedade.

Bárbara, que já conviveu com casos de alcoolismo em sua vida pessoal, diz, em entrevista exclusiva ao Blog Agentes Multiplicadores, que está sendo um grande desafio interpretar uma personagem tão complexa e faz um alerta: “O problema está mais próximo da sociedade do que se imagina”.

Na entrevista, que pode ser conferida a seguir na íntegra, Bárbara Paz comemora a oportunidade de viver uma personagem que está no centro de um comovente retrato da realidade, exibido em rede nacional, podendo ajudar uma série de pessoas que vivem situações parecidas.

Multiplicadores: Qual é o desafio de interpretar uma personagem que sofre de anorexia alcoólica?

Bárbara: Talvez um dos maiores desafios da minha carreira, maravilhoso para uma atriz ter uma personagem com tantos altos e baixos, posso trabalhar com todas as emoções que vivem dentro de mim.

Multiplicadores: Ao estudar para viver a personagem, o que mais te chocou em relação ao assunto, às pessoas?

Bárbara: Vi vários casos e percebi que o problema está mais próximo da sociedade do que se imagina.

Multiplicadores: No mundo das celebridades, você observa muitos casos parecidos?

Bárbara: Muitos, o culto a magreza é muito evidente hoje na sociedade.

Multiplicadores: Como você se sente interpretando uma personagem que irá ajudar pessoas com casos reais de anorexia alcoólica?

Bárbara: Acho que a novela tem um grande dever social de alertar os jovens e as famílias de que isso que pode ser só uma brincadeira de emagrecimento pode se tornar uma doença grave. Muito grave. Os efeitos que a ausência do alimento e o abuso do álcool provocam no organismo são muito sérios.

Multiplicadores: Sendo uma celebridade, você acredita que pessoas públicas que sofrem com a doença (Amy Whinehouse, por exemplo) podem influenciar seu público, sobretudo o feminino?

Bárbara: A juventude é muito influenciada pelos seus ícones, mas quem tem essa fraqueza para se deixar levar, acaba adoecendo, as outras passam impunemente por essa fase.

Multiplicadores: Que mensagem você deixa para as jovens que apresentam sintomas de drunkorexia?

Bárbara: Buscar ajuda. Um psicanalista, em primeira estância, pode ser a pessoa certa. A psicanálise é fundamental para um possível tratamento de cura.

Encontre e compartilhe informações sobre prevenção às drogas no blog:       www.agentesmultiplicadores.com.br

CategoriasSem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *