Bebidas alcoólicas podem danificar os ossos

Investigadores médicos revelaram que consumir exageradamente bebidas alcoólicas pode aumentar a diminuição da massa óssea e da força, porque o álcool afeta a saúde dos genes dos ossos.

Em estudos com animais, os investigadores da Universidade Loyola de Chicago descobriram, no trabalho publicado na “Alcoholism: Clinical and Experimental Research”, que o álcool afeta as quantidades de RNA, ou ácido ribonucleico, uma molécula associada à saúde dos genes dos ossos.

O co-autor do estudo, o Dr. John Callaci, referiu que os investigadores descobriram que a expressão de determinados genes importantes para manter a integridade do osso é perturbada pela exposição ao álcool.

Com alguns genes o álcool aumenta a quantidade de RNA, enquanto que com outros o álcool diminui o RNA. A alteração das quantidades de RNA perturba dois caminhos moleculares responsáveis pelo metabolismo normal do osso e pela manutenção da massa óssea.

O estudo, que comparou ratos injetados com álcool a ratos de controlo que receberam soro fisiológico, pode ajudar a desenvolver fármacos que não só minimizem a perda óssea em pessoas que consomem bebidas alcoólicas em excesso, mas também ajudar as pessoas que não abusam do álcool, mas que estão em risco de desenvolver osteoporose.

O Dr. Callaci sublinhou que a melhor maneira de prevenir a perda óssea induzida pelo álcool é, evidentemente, não beber ou beber moderadamente. Contudo, quando a prevenção não resulta, é necessário ter outras estratégias para limitar os danos.

Fonte: Farmácia

CategoriasSem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *