Carreira: qualificação profissional para quem atua no tratamento do alcoolismo em ascensão

Para conter o uso indevido de álcool e drogas no Brasil, o Governo Federal está investindo recursos da ordem de R$ 215 milhões anuais na criação de Centros de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas (CAPS – AD).

Entretanto, o investimento público em qualificação de mão-de-obra ainda é baixo, o que contribui para a carência de profissionais especializados no mercado. Ou seja, há mais infraestrutura para tratamento do que pessoas capacitadas para o serviço.

Com isso, instituições particulares tomam a iniciativa de oferecer cursos de qualificação para um segmento que tem se revelado uma boa alternativa para quem deseja sucesso nesta área.

Essas organizações têm a seu favor: a experiência prática no tratamento; professores de ensino superior e pesquisadores da área em sua equipe; acesso aos principais estudos sobre drogas psicotrópicas; e metodologia de tratamento eficaz.

Um exemplo é a Clínica Terapêutica Viva, que desde o ano passado identificou esta possibilidade, com o lançamento do curso de extensão em Terapia Cognitivo-Comportamental aplicada à dependência química. Com o sucesso deste, quatro possibilidades, de capacitação profissional a nível técnico, já estão disponíveis.

O primeiro a ser realizado é o Curso Técnico em Dependência Química, que tem inscrições abertas até o dia 19 de fevereiro e primeiro módulo marcado para os dias 26, 27 e 28 de fevereiro.

O curso qualifica o profissional para atuar em hospitais, clínicas e comunidades que prestam serviço na atenção a dependentes químicos. É destinado a pessoas já inseridas ou que desejam atuar na área de saúde emocional direcionada à dependência química, agentes comunitários e estudantes da área da saúde.

Saiba sobre os demais cursos

Capacitação Profissional: Famílias e Dependência Química

O curso tem como objetivo tornar o participante hábil para aplicar procedimentos na condução de casos de dependência e encaminhamento para tratamento. Visa também preparar para atuação direta com famílias, oferecendo conhecimento adequado da dependência química e de suas consequências, desenvolver ações efetivas junto ao jovem e sua rede social na prevenção. É destinado a membros de conselhos tutelares, assistentes sociais, professores, pessoas que já atuam na área e demais interessados.

Carga horária: Total de 64 horas, divididas em 4 módulos mensais com 16 horas
Inscrições: até 26 de fevereiro
Início: 05 de março

Curso Técnico em Acompanhamento Terapêutico

O Acompanhamento Terapêutico complementa a rede de tratamento da dependência química. É uma abordagem realizada no ambiente em que a pessoa que necessita de atendimento vive. O curso visa preparar o profissional para atuar com usuários de drogas a partir de ferramentas e planos terapêuticos cientificamente comprovados. Direcionado a agentes comunitários, conselheiros que atuam em comunidades terapêuticas e estudantes da área da saúde.

Carga horária: Total de 64 horas, divididas em 4 módulos mensais com 16 horas
Inscrições: Até 05 de março
Início: 12 de março

Curso de Extensão Terapia Cognitivo-Comportamental

A Terapia Cognitivo-Comportamental é uma prática efetiva no tratamento da dependência química, devido aos resultados alcançados com esta abordagem. Durante o curso, este modelo de intervenção é apresentado com recursos terapêuticos e literatura técnica atualizada. O curso capacita o profissional para aplicar as técnicas de TCC no tratamento de dependentes químicos em clínicas e ambulatórios. O curso é voltado para psicólogos, psiquiatras, profissionais da saúde e estudantes da mesma área.

Carga horária: Total de 64 horas, divididas em 4 módulos mensais com 16 horas
Inscrições: até 19 de março
Início: 26 de março

Todas as informações poder ser obtidas em:

www.ctviva.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *