Dicas para diminuir ou parar de beber

Aqui vão sugestões para a modificação do seu beber:

1. SE VOCÊ FOR BEBER:

. Dilua a bebida ao invés de bebê-la pura;

. Beba pausadamente (bebericando), evitando o famoso “consumo de um só gole”;

. Alterne bebidas alcoólicas com não alcoólicas;

. Procure alimentar-se durante a ingestão alcoólica;

. Evite beber diariamente.

2. AO SENTIR UM FORTE DESEJO DE BEBER:

. Procure ir a outro lugar nem que seja por um curto espaço de tempo;

. Evite inicialmente situações em que a bebida esteja ao seu alcance facilmente, como por exemplo festas, bares, shows e reuniões;

. Solicite o auxílio de uma pessoa que saiba das suas dificuldades. Deixe ela ser seu “breque” pelo menos por um tempo;

. Fale para você mesmo : “Eu controlo minha vida” . Não deixe que a bebida controle sua vida.

3.

O desejo de beber não é sinal de que você é um alcoólatra inveterado. O desejo sempre vai existir. Por exemplo: imagine seu prato predileto de comida sendo que você recebe uma recomendação médica para não comê-lo até o fim de seus dias. Você pode obedecer a recomendação, mas isto não o isentará de sentir desejo quando ver alguém comendo. O que acontece neste exemplo é o controle do desejo e o mesmo acontece com o álcool.

4.

O desejo de beber não é sinal de que você é um alcoólatra inveterado. O desejo sempre vai existir. Por exemplo: imagine seu prato predileto de comida sendo que você recebe uma recomendação médica para não comê-lo até o fim de seus dias. Você pode obedecer a recomendação, mas isto não o isentará de sentir desejo quando ver alguém comendo. O que acontece neste exemplo é o controle do desejo e o mesmo acontece com o álcool.

5.

Lembre-se que o beber não faz você ficar potente, forte, bonito, rico, extrovertido … Quando você se alcooliza, não está sendo você mesmo. Aceite-se ! Se você não consegue aceitar-se a si mesmo, procure ajuda !

7. Determine Ações :

. Encorage amigos e familiares a ajudá-lo;

. Escolha um dia específico para iniciar sua abstenção ou modificação do consumo;

. Reduza o tempo de convívio com bebedores pesados;

. Procure engajar-se em atividades alternativas durante o período do dia em que você normalmente estaria bebendo ou quando você se sente depressivo ou stressado.

SUGESTÕES:

. Visitas a familiares ou amigos, assistir TV, vídeo, leitura, cinema, caminhadas, atividades esportivas, entre outras. O importante é conseguir detectar o que lhe dá prazer, sem que esta atividade esteja vinculada ao consumo, e substituir.

. Procure os Alcoólicos Anônimos, onde você vai encontrar pessoas que têm o mesmo problema que você e estão dispostas a ajudá-lo. Peça também a ajuda da sua família e das pessoas que lhe amam. Elas, sim, é que vão ficar muito felizes se puderem lhe ajudar a superar essa doença.

Fonte: uniad.org.br

CategoriasSem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *