Por que não devemos dar bebidas alcoólicas para crianças?

Quantas pessoas até acham bonito que uma criança experiente bebidas alcoólicas? “É só um gole, para não ficar com vontade”, dizem.  Infelizmente, isso é algo muito comum e tenho certeza que, assim como eu, você já presenciou cenas em que um adulto permite que uma criança beba. E por mais que um gole possa parecer inofensivo para alguns, na verdade não é. Explicarei a seguir o porquê não devemos dar bebidas alcoólicas para crianças.

Uma pesquisa realizada pela Universidade Brown, que fica nos Estados Unidos, acompanhou mais de 500 adolescentes por três anos. Foi descoberto que oferecer bebida às crianças, mesmo em pequenos goles, pode ter um importante impacto no hábito de beber álcool durante a adolescência.

Dentre os jovens que participaram da pesquisa, aqueles que tinham o costume de provar a bebida dos pais estavam mais propensos a entornar um copo inteiro antes 15 anos. A chance de ficar bêbado era quatro vezes maior em comparação com quem não compartilhava o drink dos mais velhos.

Os pesquisadores chamam atenção para a ideia de que alguns pais têm de que introduzir o álcool cedo e dentro de casa ensina os filhos a beber com responsabilidade. “Nossos estudos provam o contrário”, explica a pesquisadora Kristina Jackson, do Centro de Estudos de Álcool e Dependência na Universidade Brown, em Rhode Island.

Portanto, o melhor a se fazer é evitar goles de bebidas alcoólicas às crianças. Em vez disso, o melhor é orientá-las sobre o álcool conforme a idade.

Leia também: 6 dicas essenciais para falar sobre o uso de álcool com os filhos

Informações: Jornal O Globo

CategoriasSem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *