Troca de experiências online ajuda pessoas doentes?

LILIAN FERREIRA |Do UOL Tecnologia

Muitas vezes, nada melhor para encarar uma doença do que a percepção de que você não está sozinho com aquele problema. Assim, muitos sites contam com a troca de experiências para que pessoas doentes possam encarar melhor sua situação.

O site alcoolismo.com.br além de trazer informações sobre drogas e álcool, permite uma grande interação dos internautas. Possui área para fazer perguntas para uma psicóloga, além de espaço para contar sua história e conversar em bate-papo com outras pessoas que sofrem da doença.

A página fibromialgia.com.br funciona de maneira semelhante. Com um canal voltado especialmente para pacientes, a página traz as últimas informações sobre a doença e possibilita a conversa com médicos e a troca de histórias e desabafos dos pacientes.

Ambos enfatizam a questão da troca de experiências para ajudar no dia a dia dos doentes. “A Internet permite a aproximação destas pessoas que, talvez, nunca se conheceriam pessoalmente”, ressalta Rosa Farah, especialista em psicologia em informática.

Liga Brasileira de Epilepsia possui um fórum online apenas para pessoas cadastradas que possibilita a discussão sobre tratamentos, sintomas e recomendações. Tem ainda seção para procurar por médicos cadastrados e aprender mais sobre o tema. A página é similar ao da Epilepsy Foundation, dos EUA, que foi recentemente atacada por hackers. Eles colocaram imagens na tela que provocaram convulsões em alguns usuários.

Para os que sofrem do mal de Alzheimer, o Faces of Alzheimer’s é um site em inglês com o intuito de manter vivas as memórias das pessoas que têm a doença. Você pode incluir uma foto, contar uma história ou fazer uma biografia.

Fonte: Uol

CategoriasSem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *